Artigo | A Força e a Espiritualidade quântica

Artigo | A Força e a Espiritualidade quântica

Há certa semelhança entre a Espiritualidade quântica e a Força. George Lucas já disse que nossas religiões estão em Star Wars, demostrarei nova relação sobre esse tema com esse artigo. Vejamos os conceitos dessas duas forças que regem o universo, uma de nossas religiões e outra da ficção.

A Força

A Força é descrita por Obi Wan Kenobi como “um campo de energia criado por todas as coisas vivas: ela nos cerca, nos penetra; mantém a galáxia unida”

Essa energia em Star Wars é semelhante ao conceito de Deus, está em todas as partes, em todos os seres vivos, ela conecta tudo.

Espiritualidade quântica

Dentro da espiritualidade quântica há varias teorias, e a que tem mais semelhança com a Força é o conceito de Matriz Divina, criada por Gregg Braden, um cientista conhecido por te ligado o mundo cientifico com o mundo espiritual.

UMA INTRODUÇÃO AO CONCEITO DE GREGG BRADEN

A ciência já provou através da física quântica que somos energia e que estamos todos conectados através de nossa vibração.O Plenum Cósmico/ Deus é puro amor, é energia e por ser energia, não morre, não desaparece, é imortal e está em todos os lugares. E como somos a imagem e semelhança Dele, sabemos que somos energia e hoje podemos provar isso. Somos seres espirituais eternos e não apenas seres perenes. Durante muito tempo achava-se que a menor partícula de uma célula, o átomo, era feito de matéria. Depois descobriram que na verdade a maior parte de um átomo é vácuo, então achava-se que o núcleo, que é muito pequeno, seria material. Esta idéia caiu por terra quando através do uso de microscópios eletrônicos muito potentes, verificou-se que o núcleo de um átomo é apenas uma energia condensada, não é matéria. Mas se tudo o que existe no mundo “material” é feito de um conjunto de células, estas são feitas de átomos e se um átomo de qualquer coisa não é material, então… No nível microscópio, nada é material, tudo é vibração, tudo é feito de energia condensada. Vivemos num universo de vibração e nossos corpos são feitos a partir da vibração da energia que emanamos constantemente.

Vejamos o que Yoda disse a Luke sobre a Força:

”O tamanho não importa. Olhe para mim, julga-me pelo meu tamanho? E não deve mesmo. Minha aliada a Força é, e poderosa aliada ela é. A vida a cria, e a faz crescer. Sua energia nos cerca e nos une. Luminosos seres somos nós, não essa rude matéria. Precisa a Força sentir á sua volta, aqui, entre nós, na árvore, na pedra em tudo, sim”.

Tanto o conceito de Espiritualidade Quântica com o da Força nos diz que somos seres luminosos, seres vibrantes.

Estamos todos conectados

O entrelaçamento quântico é um fenômeno da mecânica quântica que permite que dois ou mais objetos estejam de alguma forma conectados. Mesmo que os objetos possam estar espacialmente separados por milhões de anos-luz. Essas fortes correlações fazem com que as medidas realizadas numa delas pareçam estar a influenciar instantaneamente à outra com a qual ficou entrelaçada, e sugerem que alguma influência estaria a propagar-se instantaneamente, apesar da separação entre eles.

Esse conceito de entrelaçamento quântico era tido por Albert Einstein como absurdo. Quando ouviu falar que duas partículas quânticas podiam se entrelaçar, de forma que o que acontecesse com uma afetaria imediatamente a outra, mesmo estando em extremos opostos da galáxia, o gênio da física chamou isto de “ação fantasmagórica à distância”. Mas o entrelaçamento foi comprovado verdadeiro, leia mais aqui.

Por esse conceito, tudo no universo está conectado. Pela teoria do Big Bang, toda matéria do universo do tamanho de uma ervilha estava comprimida e unida antes da grande explosão que criou tudo e por estudos científicos, toda matéria ainda, de alguma forma, está conectada.

Como vimos, há uma grande semelhanças entre os conceitos da Espiritualidade Quântica e o da Força: Energia que nos cerca e nos une.

Deixarei alguns links e videos pra quem quiser se aprofundar no assunto.

Mecânica quantica

A Matriz Divina

Big bang e o entrelaçamento quântico:

Matriz Divina: