O que vem a seguir para Star Wars: Uprising

O que vem a seguir para Star Wars: Uprising

No jogo mobile Star Wars: Uprising, lançado no início deste outono (nos Estados Unidos), os jogadores lutam contra o Império onipresente na Orla Exterior junto com uma das cinco facções – trabalhando juntos para descobrir a verdade sobre a queda do Imperador Palpatine depois de O Retorno de Jedi. Como qualquer MMO, Uprising está sempre evoluindo. Desde eventos regulares para novas adições à história do jogo, a equipe da Kabam e Lucasfilm estão trabalhando incansavelmente para trazer a melhor experiência que podem para seus jogadores. Para saber um pouco mais sobre algumas das novas mudanças que chegam hoje StarWars.com sentou-se com Orion Kellogg e Derek Williams, dois membros da equipe de produção da Lucasfilm Games.

Para começar, nós discutimos o principal objetivo por trás do novo conteúdo que equipe está trabalhando. “Eu acho que a maioria são ajustes de interface que vão melhorar a experiência do usuário, agora que nós tivemos a chance de ver o feedback dos deles”, diz Williams. “Estamos implementando melhorias para muitos dos sistemas existentes para torná-los mais acessíveis e melhorar a fluidez.” Olhando a lista de mudanças, é possível ver uma série de alterações na interface do usuário estão vindo, desde até o sistema de suprimentos. Para Williams isso é importante, não só porque mostra que a Kabam “é muito ativa em ler o que a comunidade tem a dizer e é ouvi-la”, e também porque, “Ela beneficia o novo usuário também.”

Vendo grandes mudanças no conteúdo e na forma como os jogadores se envolvem com isso. Batalhas do setor, grandes eventos do jogo, onde os jogadores podem trabalhar juntos para desbloquear novos conteúdos de história, estão recebendo uma revisão sobre a forma como os jogadores recebem saque e deixar a sua marca na galáxia. Por exemplo, os jogadores vão agora ser capazes de participar de missões diárias e ter seu trabalho convertido até planos de batalha para o próximo evento do setor. Isso não significa que os jogadores não terão que lutar durante o evento. “Batalhas de Setor ainda é algo que você quer participar durante o meio tempo”, diz Kellogg. “Mas o objetivo geral foi o de trazer todos os elementos do Uprising em conjunto para que você esteja sempre contribuindo para a luta contra o Império.”

imago 1

Olá, o que temos aqui: arte conceitual inédita de Bespin de Star Wars: Uprising.

 

Um dos elementos que eles queriam trazer para a as Batalhas de Setor foi o sistema de Cartel, um tipo de grupo não muito diferente de alianças visto em outros jogos do gênero. Cartéis trabalham juntos nas batalhas de setor para ganhar recompensas. Além disso, os cartéis mais bem colocados serão recompensados por seus esforços. “O Cartel top-colocado receberá crédito após a Batalha de Setor e realmente recebera benefícios para a próxima batalha de setor”, diz Williams, “para que eles possam receber bônus quando eles executam missões nesse setor.” Além disso, Uprising classificara aquele Cartel como controlador desse sistema até sua próxima batalha de setor.

Participar das Batalhas de Setor continuará a ser importante no Uprising se você está em um Cartel, já que este ainda será o caminho para desbloquear novas missões da história – missões da história que trazem a todos um passo mais perto de compreender o universo pós-Retorno de Jedi. “O que é super importante para Star Wars é que é um universo e toda a narrativa está ligado”, diz Kellogg. “O jogo continuará a ter pontos de conexão.”

imago 2

Se isso não for suficiente, há ainda mais conteúdo e surpresas que vêm dentro dos próximos meses. Então, o que você está esperando – você não quer que o conhecimento se perca para sempre, não é? Chegue lá, encontre um Cartel, e comece a lutar contra o império para receber de volta a liberdade do seu personagem… E adquira hordas de saque ao longo do caminho.

Volte na próxima semana para a parte dois de nosso olhar para novas atualizações que vem para Star Wars: Uprising!

Anthony Gallegos é um escritor que ama Star Wars e video-games. Ele escreveu para publicações como IGN, GameSpy, 1UP, EGM, e Games for Windows: A Revista Oficial. Você pode segui-lo no Twitter em @chufmoney.

-Fonte: Star Wars