Josh Trank explica por que deixou o segundo spinoff de Star Wars.

Josh Trank explica por que deixou o segundo spinoff de Star Wars.

Josh Trank

Josh Trank ficou conhecido por dirigir o aclamado “Poder sem Limites” e o vindouro reboot de “Quarteto Fantásitco”. Por isso, foi anunciado ano passado como o diretor da segunda Antologia de Star Wars.

Porém, ele anunciou no mês passado que estava deixando o projeto para focar em projetos independentes. Isso causou um grande burburinho sobre o real motivo de ele ter deixado a produção, com rumores dizendo que a Lucasfilm tinha demitido ele por seu mau histórico durante as gravações de Quarteto Fantástico.

Em entrevista ao L.A. Times, Josh explicou o porquê dele ter deixado o projeto:

“Eu sabia que isso seria questionado e que viria com um grande ceticismo sobre o porquê de eu ter deixado Star Wars… E isto foi difícil. Foi a decisão mais difícil de minha vida.” Ele continuou, “Eu queria fazer algo original depois disso[Quarteto Fantástico] porque eu venho vivendo sob holofotes, como vocês viram, pelos últimos quatro anos de minha vida… E não é saudável para minha vida no momento. Eu quero fazer algo abaixo do radar… Eu tenho um grande relacionamento com todos da Lucasfilm e com Kari Hart… E todos eles entenderam porque toda essa experiência tem sido muito difícil psicologicamente para mim.”

Pelo jeito, ele resolveu deixar o projeto por conta própria. Recentemente, a Disney confirmou que o segundo spinoff continua com lançamento previsto para 2018. Rumores dizem que o filme será sobre a rivalidade entre Boba Fett e Han Solo, como noticiamos aqui.

Fonte: L.A. Times