Rogue One | O Templo de Whills em Jedha

Rogue One | O Templo de Whills em Jedha

Jedha é um lugar de peregrinação, um lugar místico de Star Wars, vários seres da galáxia vão a esse mundo ampliar sua conexão com a Força, buscam contato com o místico para resolverem seus problemas existenciais, tal como nossa religião.

Veja mais: Jedha, a Terra Santa

Em Jedha há um Templo, chamado de “Templo dos Whills”. Alguém já leu um futuro livro de mapas da saga, e nele é revelado o nome desse santuário.

jedha

Os Whills estão nos primeiros rascunhos de ”Uma  Nova Esperança” de George Lucas.

Veja a descrição deles no Wikia Star Wars:

A Antiga Ordem dos Whills era uma ordem superior de seres profundamente conectados com a Força. Eles tinham homens santos conhecidos como xamãs.

“A capacidade de desafiar o esquecimento pode ser alcançada, mas apenas para si mesmo. Ela foi alcançada por um xamã dos Whills. É um estado adquirido através da compaixão e não cobiça.”
Qui-Gon Jinn para Yoda

Um dos seus xamãs foi conhecido por ter descoberto o segredo de consciência eterna e mais tarde, Qui-Gon Jinn aprendeu o segredo, lhe permitindo interagir com os vivos após sua morte.

Os Whills mantinham uma coleção de histórias, chamada de Jornal dos Whills, que narrava a história da galáxia. Um Guardião dos Whills era responsável por adicionar novas informações nele. Um Guardião foi informado da história dos feitos da família Skywalker durante as Guerras Clônicas e a Guerra Civil Galáctica, pelo droide astromecânico R2-D2 cem anos depois da Batalha de Endor.

Eles fazem parte do Universo Legends de Star Wars, mas parece que serão canonizados em Rogue One.

Fonte: FFB