Novo livro revela que Qui-Gon Jinn pode se manifestar como Espírito da Força em sua forma humana

Novo livro revela que Qui-Gon Jinn pode se manifestar como Espírito da Força em sua forma humana

Até agora, era sabido que ele apenas podia se manifestar através da voz.

O livro From a Certain Point of View possui um capítulo focado em Qui-Gon Jinn, quando ele está meditando através da Força, até ser chamado por Obi-Wan. Isso parece ser algo normal de acontecer, porém, Qui-Gon surge como um espírito da Força, o que surpreende, já que, até agora, sabia-se que ele tinha esse poder, como ele mesmo diz no episódio “Voices”, da sexta temporada de The Clone Wars.

Confira um trecho do capítulo Master and Apprentice, escrito por Claudia Gray (algumas partes adaptadas pois o texto é longo). A cena a seguir se passa enquanto Obi-Wan, C-3PO e R2 queimam os corpos dos Jawas:

“Qui-Gon.”

O nome é dito por outra pessoa. Qui-Gon foi chamado. Ele se baseia em suas próprias memórias e toma forma, se construindo na última imagem que ele teve enquanto vivo. Ele tem a sensação da a pele se envolver nos ossos, cabelo e pele sobre a carne, roupas sobre a pele – e então, tão naturalmente quanto ele fazia antigamente, ele abaixa o capuz de seu manto Jedi e olha para seu Padawan.

“Obi-Wan”. “Ben.”

Ao perceber as realidades físicas da aparência de Obi-Wan, Qui-Gon não está limitado apenas à visão humana mais. Ele também vê o general confiante da Guerra Clônica, o forte e jovem Padawan que seguia seu mestre na batalha, até o jovem rebelde do Templo que nenhum Mestre desejava treinar. Todos eles são igualmente parte de Obi-Wan, cada estágio de sua vívida existência neste momento.

“Você está assustado”, Qui-Gon diz. Ele sabe por quê; os eventos acontecendo ao redor deles são mais claros para ele do que são para Obi-Wan. “Você procura seu centro. Você precisa de equilíbrio.”

“Podem haver stormtroopers Imperiais aguardando por Luke na fazenda dos Lars. Caso haja -“

“Então você irá resgatá-lo”. Qui-Gon sorri. “Ou ele irá se resgatar. Ou a irmã irá encontrar o irmão.”

Obi-Wan não pode ser facilmente confortado. “Ou ele pode ser morto.”

Para Qui-Gon, todas as vidas humanas se tornaram breves. Anos são irrelevantes. O que importa é a Jornada através da Força. Alguns podem se esforçar para ter o conhecimento através de muitas décadas; outros são quase nascidos com ele. A maioria nem sequer começa a jornada, não importa o quanto vivam. Mas Luke Skywalker…

“Luke ainda tem uma grande jornada”, Qui-Gon diz. “Não acaba aqui.”

“O senhor viu isso?”

Qui-Gon acena.

Obi-Wan murmura, “Bail Organa enviou a própria Leia para me convocar. Quando eu a vi – vi muito da Padmé nela, e até um pouco de Anakin, também – Eu soube que meu exílio está quase no fim. Você acreditaria que eu acho difícil de desapegar?”

“Você se adaptou. Você que teve que se adaptar. Não me impressiona que o deserto se tornou seu lar, ou que ser um Cavaleiro Jedi se tornou algo estranho.”

(…)

“Eu não contei toda a verdade sobre Anakin a Luke”, Obi-Wan diz. “Algum dia ele terá que saber.”

“Você acabou de se familiarizar com ele. Caso tivesse tentado contar toda a história hoje, teria sido um erro maior do que qualquer um que você pudesse cometer. Teria plantado sementes de dúvida, confusão, até raiva, o que poderiam levá-lo ao mesmo caminho que o pai percorreu.”

(…)

Você está quase corpóreo. Eu nunca havia lhe visto assim.

É uma questão de aprender a reivindicar o mundo físico e se desapegar dele“, Qui-Gon diz. Ele não havia se esforçado para atingir esse objetivo. Apenas depois que Anakin caiu que ele se esforçou mais para emergir completamente. Foi o trabalho de quase uma década. Ele fez isso por Obi-Wan; ao menos seu Padawan não precisaria passar tantos anos sozinho no deserto. Uma questão de se concentrar, de acalmar a alma e se entregar completamente à Força. 

(…)

“Obrigado, mestre Qui-Gon. Como sempre, sua sabedoria me sustenta.”

“Assim como sua força sempre me sustentou”, Qui-Gon sente o retorno do garoto. “Nós nos encontraremos de novo, meu Padawan.”

“Eu nunca hesitarei em chamá-lo.”

Não foi esse tipo de encontro que Qui-Gon quis dizer, mas não importaria dizer isso agora. A verdade será revelada em seu tempo, como sempre foi.

O mais importante nisso é que essa aparição de Qui-Gon abre a possibilidade de Liam Neeson aparecer em um futuro filme de Obi-Wan, em mais do que uma simples aparição por voz (como fez em The Clone Wars).

O que acham? Seria essa uma decisão da Lucasfilm já pensando num futuro filme solo de Kenobi?