Episódio VII | Igreja da Força foi uma ideia de George Lucas

Episódio VII | Igreja da Força foi uma ideia de George Lucas

Na década passada, George Lucas começou começou a desenvolver uma série com atores chamada Star Wars: Underworld, mas devido ao elevado custo, esta não pôde ser levada adiante.

Houve esperança após a compra da Lucasfilm, mas nunca foi anunciada. Entretanto, vários elementos dos 50 episódios escritos foram trazidos para outros materiais, dentre eles Rebels, Rogue One e O Despertar da Força.

No Episódio 7, fomos apresentados a Lor San Tekka, membro de um grupo chamado “Igreja da Força”, que é composto por pessoas que acreditam nos ideais dos Jedi.

A ideia da Igreja da Força foi concebida por George Lucas para a série Underworld. Essa informação foi divulgada por Pablo Hidalgo em uma entrevista.

A entrevista foi feira em um podcast do Star Wars Report e a parte sobre a Igreja da Força está entre os a minutos 24:00 e 25:50. O que ele disse foi o seguinte:

“É uma ideia que tem circulado na Lucasfilm por um bom tempo mas nunca tivemos a oportunidade de colocá-la em uma história. George Lucas teve essa ideia quando ele estava desenvolvendo a série em live-action. Então é algo que sabíamos que existia durante o tempo do Império, que é um grupo de pessoas que venerava os ideais dos Jedi, mas não precisava ser sensitiva na força para participar. E em uma das versões do roteiro, Lor San Tekka era descrito como um ‘sacerdote’, embora essa caraterização tenha sido deixada de lado, mas nós não tínhamos um conceito expressado de religião fem Star Wars, então conectamos essa identificação original do personagem com a história da Igreja da Força.”

Pablo também disse que o conceito de Lor ser um sacerdote foi deixado de lado, mas que a devoção espiritual do personagem se manteve.

A Igreja da Força já foi citada em alguns materiais sobre Rogue One. O grupo tem presença em Jedha.