Universo Fandom | Conheçam Valdo Nóbrega

Universo Fandom | Conheçam Valdo Nóbrega

É com imenso prazer que começamos hoje um novo relacionamento com os fãs da saga e leitores do site.
Sejam todos bem-vindos ao Universo Fandom.

Em tempos de tanta fissura nas mídias e ódio virtual, o objetivo desse quadro é aproximar os fãs cada vez mais uns dos outros e também da própria Sociedade Jedi. Afinal, somos todos irmãos nesse universo tão querido chamado Star Wars.

Procuraremos mostrar que mesmo com todas as diferenças, cada um tem uma história e uma maneira em que Star wars foi, e é, importante em sua vida. Em cada quadro, apresentaremos um fã escolhido pelos membros do site e que melhor maneira de começar se não por quem me inspirou na criação do Universo Fandom?

Portanto, conheçam o Mestre Jedi Valdo Nóbrega.


Valdo Nóbrega - Universo Fandom - 02

“Já garanti o meu ingresso”

Valdo Ribeiro Resende da Nóbrega, 32 anos, é dono do Grupo Star WarSurdos no Face e nasceu no Rio de Janeiro, mas atualmente vive em João Pessoa – PB onde é coordenador da área de Libras na UFPB – Universidade Federal da Paraíba, onde também ministra aulas. Valdo é casado com a Jedi Carolina Silva Resende da Nóbrega e curte nossa página do Face desde 13 de setembro de 2015. No dia 21 de Outubro de 2015, Valdo nos enviou por inbox essa foto acima dizendo “Já garanti o meu ingresso.” Depois de mais alguns contatos decidimos criar esse quadro na Sociedade Jedi e ele nos contou a sua história.

Mestre Valdo é surdo, mas não foi sempre assim.
Não nasci surdo“, conta ele. “Perdi a audição total aos 9 anos sem a definição médica, ou seja, causa indefinida. E como possuo irmão surdo, seis anos mais velho que eu, vivi uma vida tranquila além de não ouvir nos estudos porque me adaptei super bem com o ambiente sonoro até eu aprender a Libras, o que seria natural para nós, pois a Libras é a língua dos surdos.”

Intrigados com a relação sensorial dele com a saga, perguntamos como era ver um filme como Star Wars sem o som e trilha? E sempre gentil ele nos disse:
Bom, é uma experiência frustrante saber que o universo que amo possui as trilhas compostas por John Williams e não ouvi-las. Quando posso eu assisto os filmes no cinema para sentir os efeitos sonoros (pela vibração sonora) dos filmes. Apenas sei que os barulhos dos tiros dos Stormtroopers são baixos, para quem não ouve sente pouca percepção vibratória, assim como o ligar do sabre de luz, os embates deles e os apitos sonoros do R2-D2 são imperceptíveis. Mas eu crio os sons na memória imaginando como seria quando leio alguém escrevendo as onomatopeias como zuuuooonnnn (sabre de luz), o pew pew (tiros), etc.”

Após entrarmos no assunto da saga, Valdo nos contou um pouco sobre sua história com ela e o que mais curte na franquia:
A minha relação com o filme começou quando saiu o primeiro Episódio prequel no cinema, A Ameaça Fantasma. A minha fascinação pelo filme foi por conta da tecnologia de ponta, o uso da Força e dos sabres de luz. Foi neste momento em que passei a me aproximar mais. Quando soube que haviam mais três filmes, trilogia original, que foi feito há anos não hesitei em procurar para assistir o filme com legenda. Foi aí que me deparei que a história tinha que ter uma parte que faltava do vilão Darth Vader e continuei assistindo o filme aumentando a fissura na história. O amor pelo filme surgiu quando soube que o C-3PO é um tradutor de mais de 6 milhões de línguas e o mestre Yoda falar ‘erradamente’ de forma sábia: ‘Faça ou não faça, tentativa não há.’ Neste aspecto em que identifiquei os personagens que me levantou muitas questões: O C-3PO saberia usar a Língua de Sinais já que possui 6 milhões de línguas? O mestre Yoda fala ‘erradamente’, o mesmo que os surdos que escrevem desse jeito, mas é muito mais sábio que outras espécies? Há personagens surdos no filme já que o assistente do Lando Calrissian utiliza uma espécie de aparelho auditivo? Essas e muitas questões foi o que me fez apaixonar ainda mais pelo universo Star Wars. Já possuo todos os livros lançados até agora em português pela Editora Aleph e vastos brinquedos.”

Valdo Nóbrega - Universo Fandom - 17 Valdo Nóbrega - Universo Fandom - 18
Valdo ainda completa: “Curto a filosofia de que o bem (luz) e o mal (trevas) trazem o equilíbrio da Força. De todos os filmes que assisti (até o VII) o que me cativou é o amor que o Obi-Wan Kenobi tem pelo seu ex-padawan quando o vê consumido pelo Lado Negro em Mustafar e a perseverança dele em não cometer o mesmo erro no livro Kenobi, que eu me espelho nele por ser paciente e bondoso.”

A paixão de Valdo fez tão bem a ele e foi tão longe que influenciou decisões extremamente importantes para ele, entre elas um Casamento Jedi. Nem vou mencionar o fato de contrariar o Código kkk
A decisão foi mútua em fugir dos casamentos clássicos. Minha esposa apoiou totalmente a ideia de casar com a temática Star Wars. E acredite, ela assistiu todos os filmes para incorporar o universo. No último filme, O Despertar da Força, ela ficou super ansiosa e reclamou da demora de sair o VIII. rsrsrs
O casamento atendeu as expectativas. A começar pelo convite que foi personalizado em R2-D2 com a intenção de que o droide é o nosso mensageiro. A entrada que inclui Marcha Imperial (entrada da minha esposa), o Main Theme (minha entrada com minha mãe) e o Battle of the Heroes em uma encenação e luta ensaiada de sabre de luz com o Darth Vader, meu irmão surdo, que adaptou o ‘Sou seu pai’ por ‘Sou seu irmão’. Teve também um pajem vestido de mini Luke Skywalker acompanhado de Ewoks (o nosso mascote Guga). Foi tudo como desejamos inclusive o bolo, a
Millennium Falcon, que também é o principal atrativo da festa. Teve uma disputa de pegar o boneco original do Darth Vader (com a caixa improvisada e vazia é claro para não quebrar o boneco) e as mesas de doces com partes decoradas com personagens marcantes do filme.”

Confira abaixo as fotos da festa.

Além do casamento temático, Valdo leva Star Wars também para sua vida profissional. Em sua foto de crachá da Universidade está com seu Manto Jedi e inclusive vai à caráter em dias de aplicar prova.
Ah, os alunos piraram ao me ver fantasiado de Obi-Wan Kenobi, no último dia da toalha – 25 de maio. O engraçado é que os alunos relaxaram o momento em que é realizado uma prova objetiva em Libras, se deram mal. rsrsrs Mas nas outras avaliações recuperaram satisfatoriamente as notas.

Valdo Nóbrega - Universo Fandom - 13

Valdo Nóbrega - Universo Fandom - 14

Valdo Nóbrega - Universo Fandom - 15

 

Esse foi um pouquinho da vida de Valdo da Nóbrega, fã de Star Wars assim como todos nós.
Você tem alguma história interessante sobre sua relação com a Saga? Quer ver ela contada aqui?
Nos mande um recado e nos ajude a contá-la.

No mais é isso, agradeço primeiramente ao Mestre Valdo e sua família e a vocês leitores.
Que a Força esteja sempre conosco.